segunda-feira, 28 de março de 2011

Crítica de Luiz Fernando Veríssimo ao BBB e a Pedro Bial (muito boa)

BIG BROTHER BRASIL

(Luiz Fernando Veríssimo)

Que me perdoem os ávidos telespectadores do Big Brother Brasil (BBB), produzido e organizado pela nossa distinta Rede Globo, mas conseguimos chegar ao fundo do poço...A  décima primeira (está indo longe!) edição do BBB é uma síntese do que há de pior na TV brasileira. Chega a ser difícil,... encontrar as palavras adequadas para qualificar tamanho atentado à nossa modesta inteligência.

Dizem que em Roma, um dos maiores impérios que o mundo conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores morais do seu povo, principalmente pela banalização do sexo. O BBB é a pura e suprema banalização do sexo. Impossível assistir, ver este programa ao lado dos filhos. Gays, lésbicas, heteros... todos, na mesma casa, a casa dos “heróis”, como são chamados por Pedro Bial. Não tenho nada contra gays, acho que cada um faz da vida o que quer, mas sou contra safadeza ao vivo na TV, seja entre homossexuais ou heterosexuais. O BBB é a realidade em busca do IBOPE..

Veja como Pedro Bial tratou os participantes do BBB. Ele prometeu um “zoológico humano divertido” . Não sei se será divertido, mas parece bem variado na sua mistura de clichês e figuras típicas.

Pergunto-me, por exemplo, como um jornalista, documentarista e escritor como Pedro Bial que, faça-se justiça, cobriu a Queda do Muro de Berlim, se submete a ser apresentador de um programa desse nível. Em um e-mail que  recebi há pouco tempo, Bial escreve maravilhosamente bem sobre a perda do humorista Bussunda referindo-se à pena de se morrer tão cedo.

Eu gostaria de perguntar, se ele não pensa que esse programa é a morte da cultura, de valores e princípios, da moral, da ética e da dignidade.
Outro dia, durante o intervalo de uma programação da Globo, um outro repórter acéfalo do BBB disse que, para ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais, um Big Brother tem um caminho árduo pela frente, chamando-os de heróis. Caminho árduo? Heróis?

São esses nossos exemplos de heróis?

Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de brasileiros: profissionais da saúde, professores da rede pública (aliás, todos os professores), carteiros, lixeiros e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, passam horas exercendo suas funções com dedicação, competência e amor, quase sempre mal remunerados.

O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem educativo, não acrescenta informações e conhecimentos intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e não há qualquer outro estímulo como, por exemplo, o incentivo ao esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos como valor, ética, trabalho e moral.

E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB ajuda a "entender o comportamento humano". Ah, tenha dó!!!
Veja o que está por de tra$$$ do BBB: José Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada paredão.

Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se fosse dedicada a programas de inclusão social: moradia, alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros? (Poderiam ser feitas mais de 520 casas populares; ou comprar mais de 5.000 computadores!).

Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de telespectadores.

10 comentários:

  1. Muito boa essa crítica...

    ResponderExcluir
  2. Maria ganhou o BBB , e com o dinheiro de quem?Com o dinheiro que o publico deu nas ligações. A globo não sai perdendo nada não.

    ResponderExcluir
  3. uashuahsuhas diga nao ao BBB, =/ esse é o tipo de programa indicado para quem gosta de cuidar da vido dos outros!!!

    ResponderExcluir
  4. Cara, eu sou muito fã do Veríssimo! Gaúcho que nem eu, esse cara! Tenho alguns livros dele! Eu digo: se uma pessoa não gosta de ler, dê O Analista de Bagé para ela ler! Fãzasso mesmo! E falou muito bem do BBB! Eu gostava de BBB, não vou negar! Mas agora o BBB é a Sbórnia da Rede Globo! A Globo está indo de mal a pior! A última facada deles foi ter tirado Sessão de Sábado para colocar Xuxa! Ah vá! O pior é que o povo incentiva! Como disse o Veríssimo na crônica "O Povo": O povo deveria ser eliminado! Sucesso! Visita e comenta o meu: http://pireloko.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. A liberdade de escolher o que acha melhor é de cada um, não cabe a você falar o que deveríamos escolher, cada um sabe o que é melhor e se você acha o programa ridículo é só não assistir. Como li em outro blog, o bbb é simplismente distração, ninguem que assiste procura ficar mais culto, é um passa tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, cada um tem o direito de exercer o seu bel-prazer, não é mesmo? Porque nós, cidadãos e em nós mesmos humanos podemos em nossa liberdade destruirmos até mesmo a nós. Seria bom que você pensasse que esse tipo de atitude não te acrescenta nada, mas acrescenta milhões a eles, BBB não é nem sequer um passatempo, passatempo é saudável, estimula o corpo e o cérebro gerando algo que se aproveite, e, nada que é depravado, antiético, imoral entre outras coisas faz bem. Eles usam as pessoas, apenas isso, porque ao invés de estar ocupados com o que realmente importa eles se ocupam disso, a globo patrocinou a ditadura, imagina o motivo? A globo é uma empresa para a elite, para encobertar a elite e alienar o povo. Quem entrar nessa? acha mesmo que vale trocar muito por essa futilidade? tudo bem. Porque como você disse, é liberdade.

      Excluir
  6. SE VC CRITICA É PORQUE TBM ASSISITE, CRÍTICAS PELO O POUCO QUE EU ENTENDO NADA MAIS É DO QUE A OPINIÃO DE CADA UM, PORTANTO SUA OPINIÃO NÃO QUER DIZER QUE O PROGRAMA SEJA TUDO ISSO DE RUIM QUE VC FALOU, ISSO É APENAS A SUA OPINIÃO!!!!!OK

    ResponderExcluir
  7. Vocês que assistem ao clamado programa heroico da Rede Globo precisam ler mais sobre os valores da vida. A vida é uma só... a vá? Então faça cada minuto de sua vida valer a pena. Por exemplo, eu prefiro fazer sexo ao assistir BBB todos os dias! Eu prefiro sair com amigos ou amigas e distrair nas conversas, pois nunca se sabe o dia do amanhã. Enquanto a massa superior da tolice assistem BBB. Então, aproveitem a vida antes que durmam para sempre!
    BBB é so um programa que visa ganhar seus milhões através do público e mais nada!
    Continuem assistindo, tolos!

    ResponderExcluir
  8. Como e não sou fã desse programa e de outros da destinta rede de tv GLOBO, o que eu tenho a acrescenta a palavra do nosso critico verissimo, e que esse progama é uma pura merd### não passa de um arrecadador de fundo financeiro e o que me deixa mais triste e sabe que tem milhões de brasileiros que adoram gastar seu dinheiro suado mandando SMS pra eliminar ou escolher achando que alterar alguma coisa " TV MINHA GENTE É MANIPULAÇÃO " vamos pensar um pouco mais no proximo, a cada programa com festas,bebedeiras e prêmios que os participantes ganha m e soco na cara do povo brasileiro,do povo humilde que praticamente é obrigado assistir essa porcaria,,,isso é que e BIG BOSTA BRASIL

    ResponderExcluir
  9. Falta aos críticos de plantão a percepção de que este tipo de programa é um reflexo na mentalidade e desejo geral da população brasileira. Nos raros contatos que tive achei o BBB um programa sem propósito maior, completamente idiota e que tão tem muito ou nada a acrescentar a ninguém.

    Não coloco a culpa na Globo, ela é uma empresa como qualquer outra e tem como objetivo básico sua sustentação e lucro. Já vi serem criadas a partir dela programas e mini-séries incríveis porém que amargaram um prejuízo absurdo por cometer o erro de nivelar por cima a capacidade intelectual do telespectador brasileiro.

    Esta não é a realidade apenas da televisão, pois mesmo acontece no cinema, onde em geral os sucessos de bilheteria são massacrados com uma idiotice insana. Quer mais? Veja a literatura.... é exatamente a mesma coisa, os grandes best sellers, em sua maioria, não passam de uma literatura medíocre com um forte "Q" de auto-ajuda. E o que dizer da musica? É uma piada comentar sobre a musica.

    E não digo que isso acontece apenas no Brasil, mas no mundo todo, apenas acontece aqui em uma proporção muito maior é muito mais visível por estar dentro do nosso dia a dia.

    É questão de educação, é questão de família, é questão do que passamos para geração seguinte, é questão de construção de carácter, é questão de uma série de outras coisas que nem ficaria agradável citar aqui.

    ResponderExcluir